Mérito Empresarial

Assuntando 20/03/2016

Publicado em: 21 de março de 2016 às 09h55
Assuntando

(Matéria publicada pelo Jornal CCO em 20/03/2016)

 

‘Descalabro’...A ‘perseguição’ que o servidor da Prefeitura de Arcos, Lécio Rodrigues, parece estarsubmetido é abominável. Desde que retornou ao seu cargo de carreira, no início do mês, o engenheiro civil - considerado um dos grandes administradores públicos que já passou pelo executivo - não tem sala e nem o que fazer. De segunda a sexta-feira, conforme apurou a coluna, Lécio ocupa o tempo conversando com colegas de trabalho em outros setores. O ‘Assuntando’ pesquisou quanto custa o servidor aos cofres públicos por ano: mais de R$ 70 mil, somados os vencimentos, benefícios, férias e décimo terceiro. Um absurdo o povo ter que arcar com essa despesa, sendo que o profissional é grande conhecedor de obras.

 

Projetos...O engenheiro Lécio Rodrigues, incomodado por estar ganhando sem produzir, teria oferecido para executar projetos de interesse da comunidade, entre eles a reforma do prédio da Pousada dos Bertos (asilo). Outro projeto que Rodrigues se prontificou a executar e coordenar se refere a uma estrada de acesso às empresas CSN e CRH, antiga Lafarge, através da BR 354. O objetivo seria diminuir o volume de caminhões que cortam a MG 170, próximo ao bairro Calcita. Os recursos para a execução das obras seriam pleiteados através de convênio junto ao Governo de Minas. Em nenhum dos dois projetos, segundo foi informado à coluna, Lécio sequer obteve resposta do ‘chefe’.

 

‘Prestação de contas’... Na última segunda-feira, o prefeito de Arcos, Claudenir José de Melo, esteve na Câmara Municipal e participou da reunião do legislativo. Durante quase 90 minutos, o prefeito pediu apoio para a aprovação do Campus Avançado do IEFMG e aproveitou para fazer sua prestação de contas. Ainda em seu pronunciamento, o chefe do executivo não se esqueceu da oposição e demonstrou estar incomodado com as críticas vindas da imprensa. Disse também que a Educação de Arcos é modelo e o fato de estar mal avaliada pelo IOEB é por questão de ‘detalhes’.

 

‘Mil maravilhas’... A explanação feita pelo prefeito mostra uma Arcos desconhecida, pois foram anunciadas ‘diversas’ realizações. Mas, pelo que se ouviu na ‘prestação de contas’, as maiores ‘obras’da administração municipal, que neste ano tem uma previsão de receita de 97 milhões de reais, são ‘pontes’ e reformas de pracinhas nos bairros. Obras necessárias e importantes, mas muito pequenas em relação às dezenas de milhões arrecadados.

 

‘Asfalto’... Um aliado da atual administração disse à coluna que o maior investimento em 2016 será relacionado ao asfaltamento sobre paralelepípedo. A informação repassada é de que cerca de 4 milhões de reais deverão estar disponíveis para as ‘obras’. Pelo fato das vias já serem pavimentadas, a pergunta que paira no ar é por qual motivo o governo municipal tem tanto fascínio em jogar asfalto sobre as pedras.

 

Silêncio...Um frequentador assíduo das reuniões da Câmara comentou que achou estranho o fato de o prefeito de Arcos não ter comentado sobre a doação do terreno de 3.700 metros quadrados no Distrito Industrial ‘Hilda Borges’à uma empresária da cidade de Lagoa da Prata. Segundo o observador, as pessoas que estavam na plateia imaginaram que o assunto seria comentado e o projeto colocado em votação. Não aconteceu nenhuma uma coisa e nem outra. Pelo contrário, parece que há um certo ‘temor’ em falar sobre esse assunto.

 

Obra abandonada... A obra do ‘Barracão da Terceira Idade’, pelo menos foi assim que a denominaram, continua abandonada – pra não dizer jogada às traças. Em 2012, por teimosia e contrariando a opinião pública, a administração municipal iniciou a obra que, posteriormente, foi embargada pela Justiça. Hoje, a obra encontra-se em deterioração. É o dinheiro público, literalmente, jogado no ralo.

 

Caos na saúde?... Aumenta a cada semana o número de pais com crianças recém-nascidas no colo aguardando na fila por atendimento na Fumusa. Nessa semana, por volta das 06h, a reportagem da Rádio Cidade conversou com algumas pessoas e a insatisfação é gigantesca. Vale ressaltar que as madrugadas em Arcos ainda estão com temperatura elevada, mas o inverno já está se aproximando.

 

Miséria... Podem achar um exagero dizer que em Arcos existem famílias em situação precária, mas para quem anda pelos bairros esse cenário é cada vez mais real. Na última semana, durante o programa ‘Bate Papo de Redação’, exibido pela Rádio Cidade às 08h – de segunda à sexta-feira – uma senhora emocionou os ouvintes ao dizer que sua filha tinha apenas macarrão para comer. Aos prantos, sem mencionar nomes, a ouvinte desabafou contra os políticos e disse ter perdido as esperanças. Logo após a entrevista, diversas pessoas manifestaram desejo em ajudar a família necessitada.

 

Novo horário... A partir do segundo domingo de abril, o programa ‘Debate’, líder de audiência no horário, terá inicio mais cedo: às 11h. A mudança atende ao pedido dos ouvintes que desejam o programa por um tempo maior. Então, você que ouve o Debate, anota aí na agenda: a partir de abril, o programa entra no ar mais cedo.

 

Cobertura do ‘lajão’... A chuva que caiu na manhã de sábado,12, fez com que a ‘inauguração’ do ‘lajão’ fosse antecipada. O investimento, avaliado em cerca de 100 mil reais, é elogiado pelos feirantes e frequentadores. De acordo com o prefeito municipal, existe um projeto para a cobertura do restante da laje e que deverá ser feito ainda esse ano. Com as melhorias feitas no ‘lajão’, acredita-se que agora a Prefeitura providenciará a placa de inauguração do local. A obra, mesmo estando concluído há mais de 4 anos e ter consumido quase meio milhão de reais, ainda não recebeu a placa de identificação, mesmo já tendo denominação.

 

Crise no Brasil...Tudo que eu escrever será repetitivo diante da ampla cobertura dada pelos meios de comunicação, aliás, que contraria aqueles que não suportam a imprensa livre. Mas desejo que algo imensurável seja tirado desse ‘vulcão’: a‘expurgação’ dos políticos populistas. Já será uma grande conquista. Em relação aos fatos envolvendo Lula e sua ‘tropa’, ouso dizer que foi um tiro de escopeta no dedão do pé.

 

Para refletir... “(...) ninguém, absolutamente ninguém, está acima das autoridades das Leis e da Constituição do nosso país, a significar que condutas criminosas perpetradas a sobra do poder jamais serão toleradas” – Ministro Celso de Melo em respostas às críticas feitas ao STF por Lula.

 

 

 

 

 

 

60 anos... Ontem, sábado (19), o esposo Antônio Alves, juntamente com os filhos e netos, preparou uma festa para comemorar os 60 anos de sua esposa, Beatriz Gontijo. A recepção aos familiares e amigos ocorreu na sede do Lions Clube e foi marcada pela descontração e alegria da aniversariante. Parabéns, Beatriz!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Rotary... Nos dias 12 e 13, últimos, Derly Teixeira da Cunha esteve na cidade de Varginha, sul de Minas, onde participou de treinamento para os futuros dirigentes do Rotary Club. ‘Lili’, como é mais conhecido na cidade, assumirá, no mês de julho, a presidência do Rotary de Arcos. Será a segunda vez que ‘Lili’ estará à frente de um dos mais tradicionais e conceituados clubes de serviços do município. A primeira gestão foi no ano de 2009.

Assuntando por Tadeu Nunes

Site: http://www.jornalcco.com.br/

Aurélio Tadeu Nunes de Sousa é  jornalista - Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela PUC Minas Arcos - e responsável pela coluna ‘Assuntando’.

Jornalista do Ano - Merito Empresarial 2012, 2013 e 2014; prêmio ‘Top of Mind’ 2012, 2013, 2014 e 2015; Medalha ‘Mérito Legislativo pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais’; ‘Medalha Marechal Deodoro da Fonseca’ e apresentador do programa ‘Bate Papo de Redação’, na Rádio Cidade.