Vende-se Apartamento

Assuntando 22/09/2018

Publicado em: 01 de outubro de 2018 às 08h58
Assuntando

(Coluna publicada pelo Jornal CCO impresso em 22/09/2018) - Edição 1967

 

O Senador e candidato ao Governo de Minas, Antônio Anastasia, juntamente com o ex-governador Alberto Pinto Coelho, recebeu em audiência na capital mineira o ex-prefeito de Arcos, Lécio Rodrigues, e Joaquim Pires. O encontro, ocorrido no escritório de Anastasia, localizado no bairro Lourdes, aconteceu no final do mês de agosto. André Aparecido e Betinho, candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa, também marcaram presenças.

Bela obra... Se os administradores públicos, em especial os arcoenses, tivessem o ‘espírito’ de concorrência – no sentido positivo – como têm os presidentes e diretores das cooperativas Arcomcredi e União Centro Oeste, Arcos seria uma referência nacional. A competição salutar entre as duas cooperativas, além de oferecer conforto e segurança aos seus associados, coloca Arcos na vanguarda. A agência da Arcomcredi é uma das mais modernas e belas da região. Não ficando para trás, o Sicoob União Centro Oeste projeta, para 2019, a inauguração de uma agência modelo. Exemplo de empreendedorismo como esse faz Arcos evoluir.

‘União’ dos opostos... O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarou que não vê problema em votar no candidato  Fernando Hadad, caso o petista enfrente Jair Bolsonaro no segundo turno na disputa pela Presidência da República. Por outro lado, em retribuição ao afeto, segundo divulgado na grande mídia, Hadad já acena bandeira branca para os partidos ‘golpistas’, entre eles: PSDB e MDB.

Interrogações... A possibilidade de união entre os ‘golpistas’ e os ‘golpeados’, pelo menos é assim que os políticos se identificam, nos leva ao ‘mundo’ das suposições. Por qual motivo não querem a vitória de um candidato que se diz independente? Será cômico, pra não dizer trágico, um palanque formado por Hadad, Manuela, Ciro, Aécio, Temer, Boulos, Jucá, Dilma, Renan... faltará somente o Lula na festa dos ‘companheiros’.

Minas... As últimas pesquisas divulgadas pelo IBOPE e O Tempo/CP2 apontam favoritismo de Dilma Rousseff para uma das vagas ao Senado por Minas Gerais. A segunda vaga, apesar de uma razoável vantagem sobre o terceiro colocado, deverá ficar com o radialista da Itatiaia Carlos Viana. Dinis Pinheiro, ex-presidente da ALMG, segue na ‘caça’ de Viana e pode ser uma das surpresas nessas eleições. Pinheiro, segundo pesquisas, tem apresentado crescimento no índice de intenção de votos.

Arcos... Novamente, arcoenses se apresentam como candidatos às vagas na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. Para o legislativo mineiro, duas mulheres: Marlene Rodrigues e Maria Helena, ex-funcionária da Fumusa. Já para a Câmara Federal, Dr. Sebastião Rodrigues e Laerte Mateus, mais popular ‘MC Letinho’.

Falando em Arcos... A análise que se faz em Arcos, hoje, é que a política está sob o comando de três alas ‘rivais’, apesar de que os seus líderes, um dia, já estiveram unidos. Porém, sabe-se lá por quais ‘cargas d´agua’, nenhuma dessas alas optou por um candidato arcoense. Esse comportamento não é inédito na história política de Arcos.

Tapa na cara 1... E você, vai trabalhar nesse final de semana? Lembre-se de que é preciso trabalhar e pagar os impostos, afinal, a classe política precisa de sua contribuição. Segundo o site globo.com, “os partidos já destinaram R$ 1,4 bilhão para candidaturas nas eleições deste ano, segundo a primeira parcial da prestação de contas, divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As candidaturas a deputado receberam a maior parcela: R$ 930 milhões do total – o equivalente a 68,7% do montante (...)
Esta é a primeira eleição com o Fundo Eleitoral,  que totaliza R$ 1,7 bilhão, destinado a financiar candidaturas após a proibição das doações de empresas, em 2015. Os diretórios também podem repassar dinheiro recebido pelo Fundo Partidário  (previsto em R$ 513 milhões neste ano) e por outras fontes (doações e contribuições, por exemplo).

Tapa na cara 2... Apenas três partidos (MDB, PR e PP) respondem por mais de 1/3 (36,9%) desses repasses a candidatos. O MDB foi a sigla que mais destinou dinheiro a candidaturas – no total, R$ 202 milhões. PR e PP transferiram R$ 162,2 milhões e R$ 142,5 milhões, respectivamente.

Sucessão municipal... Antes mesmo de serem definidas as eleições desse ano, o zunzum sobre possíveis candidaturas à prefeito de Arcos tem ganhado força. Nomes tradicionais da política são sempre lembrados e outros, novatos, lançados – pra ver se cola. Há quem diga que, apesar de ter muita água pra passar debaixo da ponte, os nomes na sucessão de Denilson Teixeira dependerão – também – das decisões a serem proferidas pela justiça.
 
Uma coisa lembra a outra...  Um pré-candidato à prefeitura sabe de cor e salteado o número de processos que um de seus adversários responde na justiça, nas áreas civil e criminal. Lembrei ao postulante da chefia do executivo que, às vezes, a justiça demora.

Prova... Um bom exemplo de morosidade da justiça é o não proferimento da sentença do caso do ‘show de posse’ - nome dado ao evento sertanejo Rick & Renner, ocorrido no dia 1º de janeiro de 2009 – quase 10 anos depois de sua realização.
 
Agilidade... No entanto, nos dias atuais, outras ações por improbidade contra políticos são mais ágeis. Exemplo disso é o caso dos ex-vereadores da cidade de Iguatama. Em menos de dois anos, o Ministério Público ofereceu denúncia, ouviu os envolvidos, estes apresentaram as defesas – certamente amplas – e o juiz proferiu a sentença e o processo foi concluído.

Enlace matrimonial... O simpático casal Rogério e Camila oficializará sua união no próximo dia 17 de novembro. Rogério Lages, que é Sargento da Polícia Militar de Minas Gerais, há anos reside em Arcos, onde presta relevantes serviços à comunidade. Lisonjeado, agradeço o convite e já antecipo os meus votos de felicidades ao casal amigo.

 

No dia 18 de setembro, Dona Leide Damores Valadão celebrou mais um aniversário. O filho José Maria, que estava ausente de Arcos, prestou uma linda homenagem a sua genitora. “Minha querida mãe, mulher guerreira que, com a graça de Deus, soube nos criar com muito carinho, amor, respeito e, principalmente, dentro das leis de Deus. Mãe, a senhora é o melhor de mim. Sou eternamente grato por tamanha dedicação....”

Assuntando por Tadeu Nunes

Site: http://www.jornalcco.com.br/

Aurélio Tadeu Nunes de Sousa é  jornalista - Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela PUC Minas Arcos - e responsável pela coluna ‘Assuntando’.

Jornalista do Ano - Merito Empresarial 2012, 2013 e 2014; prêmio ‘Top of Mind’ 2012, 2013, 2014 e 2015; Medalha ‘Mérito Legislativo pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais’; ‘Medalha Marechal Deodoro da Fonseca’ e apresentador do programa ‘Bate Papo de Redação’, na Rádio Cidade.