Mérito Empresarial

O campeonato municipal de Arcos e suas curiosidades

Publicado em: 24 de abril de 2018 às 10h44
Coluna Esporte

(Matéria publicada pelo Jornal CCO impresso em 21/04/2018) - Edição 1945

ALÔ, ARCOS! O campeonato municipal de Arcos é disputado desde o ano 1990 e muitos capítulos desta história estão registrados nas páginas do jornal Correio Centro Oeste. No primeiro ano tivemos como grande campeão o Associação Atlética Arcoense, assim os alvinegros começaram a escrever a história do municipal. Nos dois anos seguintes, o Vila levantou a taça. Depois começou o reinado ypiranguista: de 1993 até 1997 os 'azuis' foram pentacampeões, contando com o talento de Didi, que dentro de campo era um jogador diferente. O Ypiranga disputava o municipal e conciliava com o regional, mas o sonho de ser campeão regional naquela época não se tornou realidade. Mesmo tendo o melhor time de Arcos, durante os anos de 1993 até 1997, os ypiranguistas esbarravam na final dos regionais. Naquele tempo, os estádios se encontravam praticamente lotados e o futebol amador vivia um momento mágico. Já em 1998, o Vila contou com o futebol de Didi para reconquistar o título de melhor equipe de Arcos. No mesmo ano de 1998, eis que falecia Didi, e o torcedor se sentiu órfão de um ídolo, ou de um craque que verdadeiramente  fosse diferente dentro de campo. Chegou o ano 2000, e como um furacão o Santo Antônio Esporte Clube quebrou a hegemonia do "trio de ferro", que era formado pelo Associação, Vila e Ypiranga. O Associação foi campeão em 2001 ao vencer o Ypiranga em pleno estádio ‘João Vaz Sobrinho’, mas entre todas as finais disputadas entre o Associação e Ypiranga, válidas pelo municipal, apenas no ano de 2001 os 'índios' conseguiram superar os 'azuis'. Entre os anos de 2002 e 2009, surgiu uma equipe em Arcos que impunha respeito e seu nome é Alvorada. A 'Coruja" (mascote da equipe) foi soberana e conquistou a taça em 2004 e 2006, e sempre estava entre os melhores do nosso futebol. Atualmente o campeão de Arcos é o Cazanga, que sob o comando de José Raimundo mostrou um futebol eficiente. Interessante é que o Ypiranga é o maior detentor de títulos de nosso município e contabiliza 13 troféus. Vila, Associação, Alvorada, Social e Cazanga dividem entre si os outros 13 títulos dos  campeonatos municipais. Assim o torcedor pode entender um pouco da história do futebol de campo arcoense, e saborear o futebol em nossos estádios ao longo dos tempos.

 

O ano de 2018

Neste ano teremos mais uma edição do tradicional campeonato municipal de Arcos, que contará com a presença de oito equipes. O Cazanga, Santana, Ypiranga, Associação, Palmeiras, Bela Vista, Alvorada e Brasilense estarão dentro das quatro linhas para disputar o torneio. O municipal sempre tem início no segundo semestre de cada ano e neste ano vigente não deverá ser diferente. Os times se enfrentam em turno único; os quatro melhores disputam as semifinais e os vencedores das semifinais jogam a grande final. Dos oito escretes que disputam o municipal deste ano, temos a presença de quatro times que já sentiram o gosto do título, ou seja, Ypiranga, Associação, Alvorada e Cazanga. Outras quatro equipes lutam para serem campeãs do maior campeonato da cidade de Arcos. Estes escretes que querem o inédito municipal são o Palmeiras, Bela Vista, Santana e Brasiliense. Como estamos iniciando o mês de abril, vamos aguardar para que em breve tenhamos um esboço do municipal.

Coluna Esporte por Marlon Santos

E-mail: marlonsantos@jornalcco.com.br