Zé Neca veterinária

O consolo nas tribulações

(Parte 2)

Publicado em: 08 de junho de 2020 às 08h55
Identidade Presbiteriana

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso 30/05/2020) - Edição 2053

Pastor Presbiteriano - Éder Henrique

Em meio ao sofrimento, a Bíblia Sagrada ensina que o cristão tem a certeza de ser consolado por Deus, porém, o consolo efetuado por Deus não isenta nenhuma pessoa das angústias desta vida. Deus permite a tribulação e para muitos isso não é justo, sendo um tipo de tirania, mas, para o cristão, que conhece, estuda e medita diariamente na Bíblia Sagrada, a angústia, o sofrimento ou tribulação, são formas de experimentar o amor, o auxílio e conforto divino.

A Bíblia Sagrada também ensina que Deus é poderoso, bom e permite a passagem por tribulações e sofrimentos por motivo de poder, correção e até mesmo a demonstração de amor, porque o consolo nas tribulações nos torna consoladores capacitados e a tribulação é permitida para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus. Um ser humano não pode efetuar livramento divino que anule a aflição de alguém, mas lhe é possível compartilhar com outro sofredor o encorajamento que recebeu em meio às suas próprias aflições. O testemunho da graça de Deus na vida do crente é uma lembrança poderosa às demais pessoas da habilidade e prontidão de Deus para fornecer graça e força de que necessitam. O consolo nas tribulações torna-nos consoladores capacitados, pois quando você fala de sua própria experiência, sua fala é mais adequada. Não falará de teorias, mas de algo prático e vivido em sua própria existência.  Com absoluta certeza, alguém que já enfrentou uma determinada doença, terá maiores condições de confortar uma pessoa que está enfrentando a mesma doença. Os melhores consoladores nem sempre são os estudiosos, os intelectuais ou os doutores.  

Os melhores consoladores são aqueles que, na vida, tiveram tribulações e sofrimentos e experimentaram a consolação infalível de Deus e agora podem, capacitadamente, levar o encorajamento para outros que sofrem. Seria este um dos motivos de tanta tribulação? O apóstolo Paulo diz que "se somos atribulados, é para o vosso conforto e salvação; se somos confortados, é também para o vosso conforto, o qual se torna eficaz, suportando com paciência os mesmos sofrimentos que nós também padecemos" (2ª Coríntios 1.6).

Identidade Presbiteriana por Igreja Presbiteriana do Brasil em Arcos

Igreja Presbiteriana do Brasil em Arcos
Avenida Governador Valadares, 248, Centro

Facebook: Igreja Presbiteriana do Brasil em Arcos        Instagram: @ipbarcos