UNINTER

O rei  dos clássicos

Publicado em: 18 de novembro de 2019 às 08h19
Coluna Esporte

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 16/11/2019) - Edição 2027

Marlon Santos

ALÔ, ARCOS! No início do Campeonato Arcoense de Futebol, o Ypiranga era a terceira opção de muitos torcedores arcoenses. O escrete azul passava por uma renovação drástica em seu grupo de jogadores e acreditava-se que o resultado surtiria efeitos em longo prazo. Mas, o futebol é um esporte que sempre proporcionará surpresas agradáveis e foi o caso da equipe do ypiranguista. Na primeira fase, os ‘azuis’ empataram com Santana e foram derrotados pelo Vila, mas, mesmo assim, os atletas mostraram um futebol aguerrido. Na última partida, válida pela primeira fase, teve um empate em seus domínios contra seu arquirrival Associação, e isso entusiasmou os torcedores celestes, afinal, os alvinegros chegaram ao torneio como um dos grandes favoritos ao título. E na semifinal, eis que os ‘azuis’ mostraram uma superação épica e no primeiro jogo contra o Associação obtiveram uma vitória por um a zero. O estádio Joaquim Caetano Sobrinho foi o palco do segundo e decisivo clássico entre estes dois gigantes do nosso futebol. O Associação precisava vencer e chegou a abrir o placar no final do segundo tempo, porém, o Ypiranga empatou nos acréscimos.

Chegou o momento de conhecer o grande campeão. Em campo o Ypiranga contra o invicto Vila. O placar final do primeiro embate foi de dois a zero  para os ypiranguistas. O último e decisivo clássico foi no estádio Juca Pequeno e eis que novamente o Ypiranga se superou, pois mesmo sofrendo um gol, ainda conseguiu empatar, e com isso sagrou-se campeão do Campeonato Arcoense de Futebol. Em resumo, o Ypiranga disputou seis clássicos e foi derrotado apenas uma vez, e mesmo assim, na primeira fase. Depois disputou cinco clássicos seguidos, sendo vitorioso em duas oportunidades e empatando em outros três jogos. Foi uma conquista de uma equipe que foi impecável nos clássicos municipais, e por isto foi detentora do título.

 

Que venha 2020

A temporada do futebol de campo se encerrou com o final do Campeonato Arcoense de Futebol e agora fica a expectativa para o ano de 2020. Este foi um ano que foi marcado pelas incertezas, em relação a como que seriam realizados, mas tivemos o torneio particular da categoria master e o Campeonato Arcoense de Futebol. O certo é que a categoria de base foi esquecida novamente e este continua sendo o fato lamentável de nosso futebol de campo, pois, é um torneio que agrega crianças e adolescentes, entre 8 até 15 anos. A última edição do “charmoso” campeonato municipal de base aconteceu em 2017 e depois ficamos órfãos, se tratando de valorização da categoria de base. Durante o Campeonato Arcoense de Futebol pudemos acompanhar o desempenho de diversos atletas que iniciaram suas carreiras nas bases das equipes de Arcos. Eles mostraram que o caminho é exatamente apostar nos futuros atletas. Porém, a atual administração municipal insiste em ignorar este fato e aos poucos os futuros atletas estão abandonado o campo. Mas vamos tentar acreditar que esta dura realidade terá seu final e que no próximo ano  poderemos rever o municipal de base.

 

Veja a campanha da conquista do Ypiranga do Campeonato Arcoense de Futebol

 

Primeira fase

Ypiranga 3 x 0 Palmeiras
Ypiranga 4 x 1 Bela Vista
Ypiranga 2 x 2 Santana
Ypiranga 5 x 0 União Prata
Ypiranga 1 x 3 Vila
Ypiranga 2 x 1 Social
Ypiranga 1 x 1 Associação

 

Semifinal
Ypiranga 1 x 0 Associação
Ypiranga 1 x 1 Associação

 

Final
Ypiranga 2 x 0 Vila
Ypiranga 1 x 1 Vila


Vitórias.............................6
Empates...........................4
Derrota.............................1
Gols pró..........................23
Gols contra......................10
Saldo..............................13

Coluna Esporte por Marlon Santos

E-mail: marlonsantos@jornalcco.com.br