Mérito Empresarial

Regulamentos malucos

Publicado em: 19 de março de 2018 às 09h44
Coluna Esporte
Regulamentos malucos

Os torneios disputados em Arcos têm agradado o torcedor

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 17/03/2018) - Edição 1940

Marlon Santos

ALÔ, ARCOS! Começaram os campeonatos estaduais e estamos assistindo a um verdadeiro show de regulamentos no mínimo esdrúxulos, parecem invenções sem sentido. Os presidentes de federações estão se superando no atual ano e conseguem se tornar verdadeiros mágicos, pois cada um está tentando se tornar o melhor em se tratando de invenções mirabolantes. O campeonato carioca é um dos piores exemplos de um campeonato confuso; e por mais que tentem se explicar, é quase impossível de se  entender. O Flamengo conquistou a taça Guanabara e comemorou o título, algo que é justo. Mas a taça Guanabara, que foi conquistada pelos flamenguistas, é apenas resumida a uma vaga à semifinal do campeonato carioca, ou seja, o Flamengo comemorou um título insignificante nos tempos atuais. Os organizadores do campeonato carioca conseguiram acabar com o charme da taça Guanabara, que em um passado não muito distante era comemorada como um título, e também uma vaga assegurada à final do carioca. No campeonato mineiro, a metamorfose não está sendo tão diferente, e no atual modelo temos 12 equipes participando, sendo que entre essas 12 agremiações teremos a presença de oito na segunda fase. Será que realmente temos oito times aptos a disputarem o título de campeão mineiro? Esta pergunta deverá ter uma resposta óbvia por parte do torcedor. Acredito que a maioria diria que: Atlético, Cruzeiro, América e uma equipe do interior com maior equilíbrio seriam os postulantes ao título. Mas os organizadores preferem atender ao pedido dos atuais clubes que participam do mineiro. Com isso conseguiram simplesmente acabar com o charme do campeonato mineiro, que até o ano anterior era considerado o melhor campeonato estadual do território brasileiro. Infelizmente, os mandatários do futebol brasileiro se sentem no direito de criar fórmulas cientificas para atenderem aos seus prazeres. Lembrando que toda mudança de regulamento geralmente é votada e aprovada em assembleia. Isso confirma apenas que o erro começa com organizador, e é aprovado pelos seus filados. Coisas do futebol brasileiro!

 

Campeonatos em Arcos

Em Arcos os torneios têm atendido a todos os estilos de torcedores, desde as crianças até os veteranos. Todas as categorias têm seu espaço. Sem invenções mirabolantes, nos últimos anos temos acompanhado os campeonatos realizados em nossa cidade e confirmado que a receita tem obtido sucesso. Até o presente momento, os campeonatos estão conseguindo reunir um grande número de atletas e também de torcedores. O municipal da categoria de base é um desses exemplos, pois tem revelado grandes atletas para o futebol amador e profissional, e isso ninguém pode questionar. A Copa Arcos é um torneio que chama a atenção por ser disputado no sistema de mata-mata, e é um sistema que agrada a maioria dos torcedores. Já o municipal tem o mesmo modelo desde o anos de 2008, quando as equipes se enfrentam em turno único, os quatro melhores disputam as semifinais e os vencedores das semifinais se enfrentam em dois jogos para se conhecer o campeão. Talvez torneios com regulamentos simples consigam atrair o torcedor e  assim terá maior chance de sucesso, e essa tem sido a tônica em Arcos.

Coluna Esporte por Marlon Santos

E-mail: marlonsantos@jornalcco.com.br