SeSi

Sem perspectivas de retorno

Publicado em: 25 de maio de 2020 às 08h45
Coluna Esporte

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 23/05/2020) - Edição 2052

Malon Santos

 

ALÔ, ARCOS! O futebol profissional começa a caminhar de forma lenta, porém, o início está próximo e já é um bom sinal. Mas, quando nos referimos ao futebol amador, as perspectivas não são nada otimistas, pois a situação continua indefinida em todos os aspectos. Se no profissional, as dificuldades têm sido enormes em relação ao retorno aos gramados, no amadorismo, a situação é praticamente impossível para se ter um retorno às quatro linhas.

O futebol amador é como um "caminho cheio de pedras", que vive da persistência de alguns abnegados que tentam manter essa chama acesa, uma atitude que merece todos os elogios. Mas, afirmar que em determinado momento tudo voltará ao normal é como afirmar que "pedra vai se tornar ouro", ou seja, não se tem certeza de absolutamente nada. Se dependesse do entusiasmo de certos dirigentes, a bola estaria rolando, mas não tem como prever. Os clubes de Arcos e região encontram-se totalmente inativos e sem projetos para um futuro próximo. Alguns torneios chegaram a iniciar e tiveram que ser interrompidos, outros sequer iniciaram e ficaram apenas no papel, algo inimaginável até certo momento. Atualmente, os clubes cuidam de seus estádios, em relação à higiene, e tentam manter as finanças em dia. Já se tratando dos atletas, são praticamente nulas as ações vindas dos diretores. Quem imaginava uma situação dessas? Acredito que praticamente nenhum desportista e muito menos o apaixonado torcedor.

Portanto, seguimos sem sequer ter uma posição de futuro esportivo de Arcos e região. Seguimos os dias sem saber ao certo o que esperar nos próximos meses. Concorda?

 

Situação atual do futebol amador

O campeonato Master 40+ chegou a iniciar e tivemos algumas rodadas, porém, foi interrompido ainda no início da primeira fase. O torneio Master contava com a presença do Vila, Associação e Social, representando Arcos e algumas equipes da região. Já o regional Sub-23 não chegou a iniciar e tinha como representante de Arcos o time Bela Vista. Quando se refere à segunda edição do Campeonato Arcoense de Futebol, chegou ao ponto dos diretores contratarem os atletas, mas ficou apenas no papel. Todas as indefinições devem continuar por um bom período e estaremos atentos para repassar ao leitor o desenrolar da situação.

 

Veja a situação dos torneios e seus respectivos clubes:

 

Copa Master (equipes de Arcos)

Associação
Vila
Social
*Chegaram a iniciar, tiveram as primeiras rodadas da primeira fase e aguardam para retornar ainda neste ano.

 

Regional Sub-23

Bela Vista de Arcos
*O único representante arcoense chegou a realizar alguns amistosos preparatórios, porém, espera o início do torneio.

 

Campeonato Arcoense de Futebol

Ypiranga
Associação
Bela Vista
Social
Sociedade
Palmeiras
Santana

*Todas as equipes chegaram a receber a lista de assinatura de jogadores e aguardam um posicionamento dos organizadores, referente à data de início.

Coluna Esporte por Marlon Santos

E-mail: marlonsantos@jornalcco.com.br