Vende-se Apartamento

Arcos retorna para a ‘onda amarela’ do programa Minas Consciente

Publicada em: 25 de setembro de 2020 às 14h02
Arcos
Saúde

Crédito: www.mg.gov.br

Arcos retorna para a ‘onda amarela’ do programa Minas Consciente

Na última quarta-feira, 24, o Comitê Extraordinário Covid-19 realizou sua reunião semanal e decidiu regressar a Macrorregião Oeste para a ‘onda amarela’ do Minas Consciente, de acordo com notícia divulgada pelo G1.com. A nova classificação passa a valer a partir deste sábado (26).

Com essa mudança, todas as cidades que fazem parte da macrorregião Oeste, incluindo Arcos, devem voltar a seguir os protocolos determinados na onda amarela do programa. De acordo com o site do Minas Consciente, a onda amarela contempla a abertura e o funcionamento das seguintes atividade: bares (consumo no local); autoescola e cursos de pilotagem; salão de beleza e atividades de estética; comércio de eletrodoméstico e equipamentos de áudio e vídeo; papelaria, lojas de livros, discos e revistas; lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados e artigos de viagem; comércio de itens de cama, mesa e banho; lojas de móveis e lustres; imobiliárias; lojas de departamento e duty free; lojas de brinquedos; academias (com restrições); agências de viagem; clubes.

Os seguintes serviços essenciais também poderão funcionar normalmente: supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência; açougues, peixarias, hortifrúti; serviços ambulantes de alimentação; farmácias, drogarias; lojas de cosméticos; lavanderias; pet shop; bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito; vigilância e segurança privada; serviços de reparo e manutenção; lojas de informática e aparelhos de comunicação; hotéis, motéis, camping, alojamentos e pensões; construção civil e obras de infraestrutura; comércio de veículos, peças e acessórios automotores.

 

O que ainda está proibido?

Ainda continua proibida: a realização de atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança de circo; cinemas; feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê; parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca; bares com entretenimento (shows e espetáculos); serviços de colocação de piercing e tatuagens.

 

Como funciona o Minas Consciente?

Os municípios que aderem ao Minas Consciente retomam suas atividades gradualmente observando os critérios e protocolos do programa. De acordo com o site MG.gov.br, o plano foi dividido em três etapas (ondas), definidas conforme a situação da Covid-19 em cada cidade. Este plano setoriza as atividades econômicas nas ondas vermelha, amarela e verde.

Na onda vermelha - a mais aguda -, podem funcionar apenas serviços essenciais, como supermercados, bancos, padarias, fábricas e hotéis. Bares e restaurante podem funcionar por meio do sistema de entregas. Na fase amarela - nível intermediário -, são liberadas atividades tidas como não essenciais, mas com baixa possibilidade de disseminação do vírus, como autoescolas, floriculturas, salões de beleza e livrarias. Nesta fase, bares e restaurantes estão autorizados a abrir as portas, desde que sejam cumpridas as medidas sanitárias e de distanciamento. E na onda verde, a mais ampla, academias de ginástica, shows musicais, clubes, teatros e cinemas podem ser retomados.

Para ter mais informações, acesse o site: https://www.mg.gov.br/minasconsciente

Leia no link o protocolo do Minas Consciente: PROTOCOLO MINAS CONSCIENTE