Animalis

Arcos tem leve recuperação no saldo de empregos no mês de janeiro

O setor industrial que continuou funcionando durante a pandemia, foi o responsável por 33% das contratações

Publicada em: 03 de abril de 2021 às 08h00
Arcos
Estatísticas
Economia

(Matéria publicada pelo Jornal CCO impresso em 27/03/2021) - Edição 2095

O mês de janeiro deste ano conseguiu manter um saldo positivo de empregos na cidade de Arcos. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), foram efetuadas 451 admissões no primeiro mês do ano e 355 desligamentos, ficando um saldo positivo de 96 empregos de carteira assinada.

O saldo positivo mostra uma leve recuperação nas contratações, tendo em vista que o ano finalizou com um saldo negativo de -10 postos de trabalho em dezembro.

A maioria das 451 pessoas admitidas em janeiro tinha ensino médio completo (288 pessoas), eram do sexo masculino (331) e tinham idades de 30 a 39 anos (132). Com isso, é possível observar que apenas 26% dos contratados eram mulheres. O setor que mais contratou foi o industrial.

Já entre as que foram demitidas, a maioria também tinha ensino médio completo (215), do sexo masculino (252) e com idades de 30 a 39 anos (103). Em seguida pessoas dom ensino fundamental incompleto (46) e de 18 a 24 anos (76).

 

Indústria foi a que mais contratou

De acordo com o Caged, o setor industrial foi responsável por 33% das contratações em janeiro e o setor de serviços foi o responsável por 34% das demissões. Veja na tabela abaixo o número de admissões e desligamentos por setor em Arcos:

 

Número de admissões e desligamentos por setor

Atividades Econômicas

Admissões

Desligamentos

Saldo

Construção

31

54

-23

Agropecuária

2

2

0

Serviços

142

121

21

Comércio

124

93

31

Indústria

152

85

67

Total

451

355

96

 

O setor agropecuário foi o que menos contratou e ficou com saldo zerado. Já o da construção civil teve mais demissões (54) do que contratações (31), ficando com um saldo negativo no início do ano de -23 empregos. O comércio que está sendo um dos mais afetados com a pandemia, ainda conseguiu obter um saldo positivo de empregos, fazendo mais admissões (124) do que desligamentos (93).