Vende-se Apartamento

Atividade lúdica comemora o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Alunos da APAE participam de atividades de lazer no Centro de Convivência

Publicada em: 05 de dezembro de 2018 às 08h41
Arcos

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com as secretarias municipais de Desenvolvimento e Integração Social (SEMDIS), de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (SEMCELT) e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), realizaram na última segunda-feira (03), no Centro de Conveniência ‘Professora Terezinha Gontijo Moreira’, uma tarde de lazer comemorativa ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

Pais, alunos, professores e direção da APAE emocionaram com as apresentações teatrais e circenses, que fazem parte do projeto ‘Vivart’. O grupo de teatro relembrou as histórias do programa do ‘Chaves’, um clássico da televisão mundial. As performances e os figurinos seguiram fielmente os programas que marcaram a infância de várias gerações.

Eles ainda se divertiram com as apresentações circenses, com espetáculos de contorcionismo, acrobacia e malabarismo. O evento foi repleto de lazer, magia e de confraternização – com distribuição de cachorro quente e refrigerante, além do objetivo de fortalecer o respeito aos direitos da Pessoa com Deficiência e também de conscientização sobre o combate ao preconceito e à discriminação.

Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Paula Sandra Goulart Valente, esta confraternização tem um significado importante de valorização da Pessoa com Deficiência. “Foi uma tarde muito proveitosa, onde deficientes, seus familiares e profissionais, que atuam no atendimento especializado, puderam desfrutar de momentos de alegria e diversão. A reação do público a cada atração provou que a Pessoa com Deficiência sabe valorizar oportunidades como esta”, enfatizou.

Já para o professor de Teatro do Projeto ‘Vivart’, Adriano Ribeiro, possibilitar a todos o acesso a cultura e à dignidade humana deve ser o pilar da inclusão. “Fico encantado com o olhar de satisfação de cada criança durante nossa apresentação. A arte traz esta sensibilidade de união de todos, por isso ressalto que precisamos estabelecer esta relação de respeito e amor ao próximo”, disse.

O Prefeito, Denilson Teixeira, ressalva que para se ter uma sociedade inclusiva todos deve contribuir para uma conscientização coletiva voltada para o respeito. “Devemos dar as mãos em prol da inclusão dessas crianças, adolescentes e jovens. Somente teremos um mundo mais inclusivo, se sensibilizarmos pela necessidade de respaldo continuo às Pessoas com Deficiência”, ressaltou.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Arcos