Vende-se Apartamento

Atividades desenvolvidas nas creches contribuem para o desenvolvimento das crianças

Publicada em: 12 de outubro de 2019 às 10h00
Arcos

Terceirizar a criação dos filhos, nas creches ou contratando babá, é uma realidade há mais de um século. Considerando as vantagens – a exemplo das atividades pedagógicas – e desvantagens, sendo a principal delas o fato de não estar com os filhos em grande parte do dia, muitas vezes os pais ou responsáveis não encontram outra solução quando querem ou precisam seguir a carreira profissional. 

De acordo com divulgação do site “Pedagogia Tripod”, as instituições educacionais destinadas às crianças de 0 a 6 anos de idade (educação infantil) surgiram na primeira metade do século XIX, em vários países. No Brasil, as primeiras creches foram criadas no ano 1870, em consequência da grande industrialização. As mulheres também precisavam trabalhar fora e a creche foi criada principalmente com o intuito de evitar que as famílias pobres abandonassem seus filhos.

A Prefeitura de Arcos mantém quatro creches: “Ana Lúcia Franco”, localizada na avenida Dr. João Vaz Sobrinho - Trecho II; “Maria da Glória”, no bairro São Vicente; “Antônio Davi Franco”, no bairro Planalto e “Pablo Vitor”, no Calcita. Atendem às crianças de 4 meses a 3 anos.

 

Refeições saudáveis e saborosas, atividades pedagógicas e recreativas – Em todas as creches municipais de Arcos são servidos: café da manhã, frutas, almoço e lanche da tarde também incluindo frutas. Duas nutricionistas, Aline Leda de Oliveira e Elaine Cristina Teixeira Romano, elaboram os cardápios de acordo com o Programa Nacional de Alimentação Escolar, considerando todos os nutrientes que os pequenos precisam. São quatro cardápios, que são alternados semanalmente. Como exemplo, em uma das segundas-feiras são servidas as seguintes refeições: no café da manhã, biscoito de polvilho de sal e leite com beterraba e banana; na colação, frutas; no almoço, arroz integral com peito de frango/feijão/abobrinha ralada com ovo/cenoura/ beterraba e fruta de sobremesa; no lanche da tarde: pão de sal com patê de frango com inhame/cenoura, milho e pimentão, com suco de fruta. Há também um cuidado em oferecer um cardápio diferenciado às crianças que possuem restrição alimentar, como, leite zero lactose, pão de forma integral e leite de soja.

Na última terça-feira, a reportagem do Jornal e Portal CCO visitou a creche “Ana Lúcia Franco”, que atende a 146 crianças. A diretora, Cecília Moreira Arruda, que assumiu o cargo em setembro deste ano e a vice-diretora, Flávia Gonçalves Bretas, que trabalha na unidade há aproximadamente três anos, relataram como é a rotina da instituição e elogiaram a dedicação e o carinho das professoras e monitoras.

Segundo a diretora, as práticas de cuidados com as crianças – a exemplo do acolhimento, o ato de servir os lanches e o almoço, a higienização, a troca de roupa, as atividades propostas e o repouso – não são feitas de forma aleatória. As professoras aproveitam essas oportunidades para ouvirem e conversarem com os pequenos amorosamente, ensinando a eles a autonomia, no que for possível; trabalham a consciência e a expressão corporal, a coordenação motora, a psicomotricidade, a socialização e também os limites, que têm fundamental importância na formação das crianças.

 

Ambiente lúdico, alfabetizador e alegre  

Nos Centros de Educação Infantil (creches), o ambiente é estimulador, promovendo o desenvolvimento integral da criança.   As cantigas de roda e parlendas fazem parte dessa rotina. As parlendas “são rimas infantis que divertem as crianças ao mesmo tempo em que trabalham com a memorização e a fixação de alguns conceitos”, de acordo com definição da professora Daniela Diana, publicada no site “Toda Matéria”.

O ambiente acolhedor, com alimentação saborosa e saudável e atendimento afetuoso, tem agradado os pequenos. Segundo a diretora e a vice-diretora, as crianças sentem prazer em ir para creche.

Cecília Arruda relata que todas as creches municipais em Arcos mantêm o mesmo padrão de qualidade. Todo trabalho realizado na creche, que é estendido às outras unidades, tem o apoio da secretária de Educação, Sônia Teixeira. As atividades pedagógicas são coordenadas por Lílian Garcia.

A diretora diz ser apaixonada pelo seu trabalho e se sente realizada pessoal e profissionalmente. Ela também destaca a participação das mães e da comunidade em geral, sempre receptivas às solicitações de apoio e parcerias.

Segundo a vice-diretora, Flávia Bretas, o cronograma de atividades é elaborado previamente para todo o semestre e a cada semana com um tema diferente. Alguns dos assuntos que já foram trabalhados neste ano são os seguintes: higiene, reciclagem, prevenção à dengue, formas geométricas, esquema corporal, órgãos e sentidos,

 

Semana das Crianças e dos Professores

As comemorações da Semana da Criança aconteceram de 7 a 11 de outubro em todas as creches. O CCO teve acesso à programação da creche “Ana Lúcia Franco”. Em cada dia houve um lanche especial – sanduíche, torta de legumes, bolo de cenoura – e atividades recreativas e artísticas, dentre elas, pula-pula, atividade de pintura de rosto, “Bailinho à Fantasia”, dança da cadeira, gincana – corrida do Saci, karaokê, piscina de bolinha, dinâmica com professora de educação física, hora do conto, sessão  cinema.

Na terça-feira, houve o apadrinhamento de policiais militares que ofereceram um bolo. Em forma de agradecimento, as crianças fizeram uma homenagem por meio de uma apresentação. Na quinta-feira, aconteceu a Festa das Crianças, com direito a bolo decorado, pão de queijo e entrega de lembrancinhas.

As professoras também foram homenageadas, com mimos oferecidos pela diretora e vice-diretora e também com a contribuição dos pais das crianças. “Precisamos valorizar muito as professoras, pois são amorosas, impecáveis nas realizações em todas as atividades”, disse a diretora, terminando a entrevista em um ato de cumprimento a essas profissionais que têm o dia 15 de outubro dedicado a elas.

 

 

 

Fonte: Jornal CCO