Animalis

CÂMARA MUNICIPAL PROMOVE AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE TRANSPORTE COLETIVO EM ARCOS

Nova reunião entre Executivo e Legislativo deve acontecer em breve: prefeito se comprometeu a buscar soluções

Publicada em: 03 de setembro de 2021 às 15h52
Arcos
Política

Os vereadores realizaram na última quarta-feira, dia 1º de setembro, a primeira audiência pública da atual legislatura. O tema tratado foi a ausência de transporte público coletivo na cidade de Arcos e a necessidade de sanar este problema.

Solicitada pelo vereador Laerte Cesário Mateus (Letinho), a audiência havia sido convocada pelo presidente da Câmara, vereador Ronaldo Ribeiro, no dia 16 de agosto. Também prestigiaram a reunião a primeira secretária da Câmara, vereadora Kátia Mateus de Moura Sousa, e os vereadores Ademar Aureliano de Medeiros (Sorriso), Carlos Antônio da Silva (Carlinhos), João Paulo Ferreira (Joãozinho) e José Calixto da Fonseca. Os vereadores Flávio Correia e Ney Miranda justificaram a ausência. Três vereadores do município de Bambuí compareceram ao plenário da Casa.

Além dos parlamentares, dentre outros moradores da cidade, participaram o advogado Flávio Arede, autor de projeto de transporte coletivo para o município, a advogada Kênia Ziland Santos, assessora jurídica da Prefeitura Municipal, o advogado Gentil Cardoso, presidente da OAB de Arcos e o empresário Lucimar Cardoso. No decorrer da audiência, o prefeito Claudenir José de Melo compôs a mesa.

A pedido dos vereadores Letinho e Joãozinho, vídeos de usuários de transporte coletivo prestando queixa pela ausência do serviço foram exibidos durante o encontro. Os pedidos de solução para o problema podem ser acompanhados por meio do YouTube da Câmara.

Depois de ouvida a comunidade, o prefeito se disponibilizou a realizar reunião nos próximos dias com os vereadores e empresários do ramo de transporte. De acordo com postagem em redes sociais do vereador Letinho, a meta é traçar um plano para sanar o problema em curto prazo.

Protocolos em função da pandemia

No decorrer do evento, todas as medidas de segurança foram adotadas, tais como distanciamento social e higienização de mãos e braços com álcool em gel, além do uso obrigatório de máscaras. Para adentrar no prédio da Câmara, os participantes foram submetidos ao medidor de temperatura. Devido ao regime imposto durante a pandemia, ainda em vigor por meio de decreto municipal, apenas 40% do auditório foi disponibilizado para os presentes.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Arcos