Império Rural

Delegado fala do projeto de construção da sede própria para a PC em Arcos

Publicada em: 04 de setembro de 2021 às 11h00
Arcos
Polícia

(Matéria publicada pelo Jornal CCO impresso em 21 de agosto de 2021) Edição 2116

O delegado Patrick Carvalho, que chegou ao Município de Arcos em abril de 2020, disse ao CCO, no dia 4 de agosto, que está em tratativas para a construção de uma sede própria para a delegacia de Polícia Civil em Arcos, o que já era uma de suas metas desde que chegou à cidade.

O prédio onde funciona a unidade, na praça Floriano Peixoto, é um imóvel particular, que a Prefeitura junto ao Estado se responsabilizam pelo pagamento do aluguel.

O delegado já havia iniciado um diálogo com o ex-prefeito de Arcos, Denilson Teixeira, que disponibilizou um terreno ao lado do Quartel da Polícia Militar, mas com as eleições e a transição do Governo Municipal, foi necessário aguardar. "Já tínhamos iniciado os projetos, mas, tendo em vista a possível transição (período de eleição), aguardamos o final do ano, para o resultado das eleições. O prefeito Baiano assumiu e nos deu uma nova ideia: um lote perto da rodoviária (em frente à mina, ao lado da creche do padre Luciano)".

Voluntários já apresentaram um pré-projeto que foi encaminhado para um engenheiro, também voluntário, para fazer o cálculo de valor de obra. "Estamos conseguindo fazer o planejamento inicial, graças a Deus, vários particulares nos ajudando. Temos contado inicialmente com a ajuda da Prefeitura e de algumas pessoas. [...] Estamos aguardando o retorno do setor de engenharia, para eles passarem para nós o orçamento inicial", diz o delegado.

A expectativa de Dr. Patrick é que haja a cessão do terreno para a Polícia Civil: "Vamos lutar pela construção da Unidade e quando finalizar o projeto, a Prefeitura se comprometeu a fazer a cessão de uso desse imóvel para a Polícia Civil".

O delegado também já conversou com o presidente da Câmara, Ronaldo Ribeiro, sobre a possibilidade de a Câmara ceder os recursos financeiros que anualmente são devolvidos ao Executivo, uma vez que há sobra em relação ao valor repassado ao Legislativo pelo Município. Dr. Patrick também espera conseguir recursos junto a deputados (emendas parlamentares), empresas de Arcos e população para a execução da obra.

A Prefeitura poderá disponibilizar maquinário. "Já conversamos com o presidente da Câmara para apresentarmos a proposta para os vereadores, já conversei com os vereadores individualmente e apresentamos um rascunho do projeto. Contamos muito com os vereadores de Arcos", disse e acrescentou: "A ideia é que seja finalizado o projeto inicial em breve e submetê-lo à apreciação da Chefia da Polícia Civil ainda este trimestre. Tendo a aprovação, iremos iniciar a parte que envolve a Prefeitura, que é terraplanagem e toda a parte arquitetônica, este ano ainda, para começarmos a construção em 2022".

Terreno tem cerca de 1.500,9 m2

Segundo o delegado, o terreno a ser cedido pela Prefeitura tem aproximadamente 1.500 m2 e a construção será feita em uma área de 550m2. Englobará todos os departamentos que funcionam junto à Polícia Civil atualmente, além do atendimento à população nas áreas criminal e investigativa: Setor de Trânsito, vistorias de veículos e Posto de Identificação. Uma boa notícia é que, possivelmente ainda neste ano, será implantado na Delegacia de Arcos o sistema de vistoria eletrônica de veículos.

Haverá uma entrada separada para atender aos casos de violência doméstica (incluindo violência contra mulher, abuso sexual, casos que envolvam crianças e grupos vulneráveis em geral) - com equipe separada - e uma entrada para o restante dos casos. O delgado disse que já existe, em Arcos, a demanda para uma Delegacia da Mulher. No entanto, não há como criar prédios separados totalmente, com estruturas físicas em sedes diferentes, tendo em vista que, atualmente, há apenas um delegado na cidade.

Modernização na Polícia Civil

O delgado comentou que a Polícia Civil está em constantes melhorias. Há uma busca para a modernização, dando continuidade ao trabalho que estava sendo desenvolvido, concretizando projetos antigos e realizando várias mudanças internas. "Nós que estamos aqui na ponta temos sentido essa busca em melhorar, em fazer um serviço mais eficiente, menos burocrático, entendendo o papel do Delegado junto à sua Comarca".
O delegado finalizou dizendo: "Por meio de parcerias com o Poder Público municipal, estamos alcançando resultados no combate à criminalidade. Com a construção da nova sede para Delegacia, garantiremos melhores condições de trabalho aos servidores e, consequentemente, maior eficiência operacional".

O CCO estará acompanhando os procedimentos para a construção.