SeSi

Em meio à pandemia, inadimplência dos MEIs em Arcos cresce 11,43%

De acordo com dados da Receita Federal, 42,39% dos MEIs do município ainda não pagaram o Documento de Arrecadação Mensal do Simples Nacional (DAS)

Publicada em: 30 de junho de 2020 às 13h42
Arcos
Economia

(Matéria publicada pelo Jornal CCO impresso em 27/06/2020) - Edição 2057

Dos mais de dois mil Microempreendedores Individuais (MEIs) da cidade de Arcos, 42,39% ainda estão inadimplentes com o pagamento do Documento de Arrecadação Mensal do Simples Nacional (DAS), de acordo com dados da Receita Federal. No município, até o mês de abril havia 20.430 MEIs, porém, até a mesma data, apenas 1.400 pessoas tinham pagado o documento.
Tendo em vista a pandemia da Covid-19, que afetou diretamente os Microempreendedores Individuais, neste ano o índice de inadimplência aumentou 11,43% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em 2019, de janeiro a abril, dos 2.132 MEIs do município, apenas 1.472 (69,04%) haviam pagado o DAS, ficando um índice de inadimplência de 30,96%.

O ano de 2019 também foi finalizado com uma inadimplência de 30,40%, porque, dos 2.329 MEIs da cidade, apenas 1.621 (69.60%) haviam realizado o pagamento até o mês de dezembro. Já em 2018, o ano terminou com um índice de inadimplência de 31,46%, quando somente 1.381 microempreendedores, dos 2.015, haviam feito o pagamento.

Em comparação a quatro cidades da região, Arcos é a que apresenta o maior índice de inadimplência entre os Microempreendedores Individuais. Na cidade de Lagoa da Prata, de janeiro a abril deste ano, dos 3.063 MEIs, 2.071 já haviam quitado o DAS, ficando o total de 32,39% inadimplentes. Em Bom Despacho são 2.008 MEIs atualmente e até o mês de abril, 1.424 fizeram o pagamento do DAS, ficando um índice de inadimplência de 20,08%.

No município de Piumhi, que tem 1.750 microempreendedores individuais, 1.247 (71,26%) já pagaram o documento neste ano, restando apenas 28,74% inadimplentes. E em Formiga, dos 4.772 MEIs, 74,48% (3.554) já realizaram o pagamento do documento, restando 25,52%.

Outras cidades maiores também estão com índice de inadimplência bem menor que o de Arcos, a exemplo de Uberaba, onde 62,58% (7.123) dos MEIs já pagaram o DAS, restando apenas 37,42%. Divinópolis tem 16.212 microempreendedores individuais e 11.172 (68,91%) já fizeram o pagamento do documento, restando 31,09%. Em Itaúna, 71,29% (2.404) dos MEIs já pagaram do documento, restando apenas 28,71%, dos 3.372 microempreendedores, para realizar o pagamento.

 

Crescimento do número de MEIs em Arcos

Do início de janeiro até o fim de maio, Arcos ganhou 138 novos Microempreendedores Individuais. O município começou o ano com 2.329 MEIs cadastrados e terminou o mês de maio com 2.467 MEIs.

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, os meses de janeiro (43), março (31) e maio (37) foram os que registraram o maior número de novos microempreendedores no ano de 2020. Em 2019, surgiram em Arcos 314 novos MEIs, de janeiro a dezembro, iniciando o ano com 2.015 microempreendedores individuais e terminando com 2.329. No mês de outubro foi quando ocorreu o maior número de registro de novos MEIs, sendo 45 em apenas um mês. No ano de 2018, o crescimento foi de 132 novos microempreendedores.