Mérito Empresarial

Governo de Arcos vai construir mais de 300 casas em parceria com a Cohab e a Caixa

A Cohab já aprovou o projeto e os terrenos para a obra

Publicada em: 12 de abril de 2018 às 11h27
Arcos

O Governo de Arcos, através da Secretaria de Integração Social, está trabalhando para realizar a construção de moradias para famílias de baixa renda. No último mês, a Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas) entregou ao município o ofício n°0.43/GPJ-DDC informando que os terrenos e o projeto foram aprovados. Conforme consta no documento, cerca de 320 imóveis populares, com metragem de até 46,84 m² poderão ser construídos. 

De acordo com o secretário Sergio Veloso, foram determinadas 15 etapas até a emissão da ordem de serviço para a construção do empreendimento. As seis primeiras etapas eram de total responsabilidade do município, e as demais de responsabilidade da Cohab e da Caixa. O município cumpriu antes do prazo todas as etapas e recebeu o ofício com a aprovação. 

“Eu e o prefeito Denilson Teixeira estivemos na Cohab no ano passado para assinar o termo de compromisso e conseguir trazer este benefício para os moradores. Desde então, trabalhamos muito para cumprir as etapas o quanto antes, a fim de conseguir a construção de muitas casas. O projeto foi aprovado e a Cohab autorizou cerca de 320 moradias populares, é muita alegria. Mesmo com tantos obstáculos e perseguições que o Governo está sofrendo, a atual Administração está focada em realizar grandes obras, e principalmente construir muito para o povo”, informou o secretário. 

A Secretaria de Integração Social iniciou as inscrições em 2017 e a partir de agora as assistentes sociais iniciarão as visitas de avaliação dos beneficiados quanto aos critérios definidos pela Lei. O próximo passo é a concretização do contrato entre a Cohab e a Caixa para a licitação da obra.

Para o prefeito Denilson Teixeira esta é uma importante conquista para as famílias arcoenses. “Como eu sempre disse, vamos construir essas casas em várias localidades, para evitar a aglomeração de muitas famílias em um único conjunto habitacional, o que comprovadamente gera muitos problemas sociais. Queremos proporcionar tranquilidade e alegria para os moradores que vão receber essas habitações” concluiu.

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Arcos