Animalis

IPVA em Arcos: apenas em janeiro deste ano já foram arrecadados R$3,2 milhões

Publicada em: 27 de março de 2021 às 08h00
Arcos
Economia

(Matéria publicada pelo Jornal CCO impresso em 20/03/2021) - Edição 2094

Em janeiro deste ano, Arcos já arrecadou R$3,2 milhões (3.229.258,55) brutos com IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, de acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais. Com o desconto do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), de R$645.851,62, o valor líquido arrecadado foi de R$2,5 milhões (2.583.406,93). A arrecadação de janeiro de 2021 aumentou 2,4% com relação ao mesmo período de 2020, quando foram arrecadados R$3,1 milhões do imposto.

Em todo ano de 2020, a arrecadação do Município foi de R$7 milhões (7.020.192,15) brutos, um aumento de 22% com relação ao arrecadado em 2019 (R$5.752.855,37). A arrecadação de 2019 também foi 11,5% menor que o valor registrado em 2018, de R$6,5 milhões (6.503.273,97) e 1,5% menor que o arrecadado em 2017. Veja no quadro abaixo:

 

ARRECADAÇÃO DE IPVA EM ARCOS

Ano

Valor (R$)

(%) de aumento ou queda

2020

7.020.192,15

22%

2019

5.752.855,37

-11,5%

2018

6.503.273,97

11%

 

 

 

 

Apenas no primeiro semestre de 2020, a cidade já havia arrecadado R$ 5,9 milhões (5.949.428,41), o que representa 84% de tudo que foi arrecadado no ano.

Outras cidades

Em 2020, a cidade de Formiga arrecadou, em valor bruto, R$11,4 milhões (R$11.451.936,92), um aumento de 10% com relação a 2019. A cidade de Lagoa da Prata arrecadou R$8,7 milhões (8.706.684.77), aumento de 8%.

Na cidade de Bom Despacho, a arrecadação foi de R$8,2 milhões (8.245.049,73), ocorrendo um crescimento de 6%. Em Piumhi, a arrecadação foi R$5,7 milhões (5.753.115,19).

Arrecadação no Estado

De acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG), até o dia 31 de janeiro o estado arrecadou R$2,8 bilhões com o imposto. O valor representa 43,7% do total de R$6,4 bilhões previstos para este ano.

Do montante arrecadado no mês passado, R$2,1 bilhões (75%) foram pagos em conta única, com proprietários beneficiados com desconto de 3%. Os outros R$700 milhões, que correspondem a 25% do valor recebido pela SEF/MG, correspondem ao pagamento da primeira parcela do imposto.