Vende-se Apartamento

Mais de 90 pré-candidatos para nove vagas no Legislativo em Arcos

Publicada em: 26 de setembro de 2020 às 08h00
Arcos
Política

O prazo para definir os candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador vai até o dia 16 de setembro. Portanto, o cenário ainda pode mudar. Até então, 98 moradores de Arcos pretendem concorrer às nove vagas para vereador.

No último dia 4, o pré-candidato a prefeito Claudenir José de Melo, presidente do diretório local do PL, informou ao CCO sobre uma possível coligação com seis partidos: Avante, PTC, PTB, PP, PODEMOS e Solidariedade. "O PL, PTB, PTC e Avante vão ter chapas completas de vereadores. Devemos ter o apoio de 56 pré-candidatos a vereador", disse.

O Cidadania, partido cujo diretório local é presidido pelo prefeito Denilson Teixeira (pré-candidato à reeleição), já está coligado também com seis partidos: PSB, PDT, DEM, Patriota, PROS, PSL. No DEM, Cidadania e PSB estão os pré-candidatos a vereador. Segundo o vice-prefeito, Halph Carvalho, ainda há  diálogo com outros partidos. Até a última quinta-feira, dia 3, havia 42 pré-candidatos a vereadores.

O pré-candidato a prefeito Helder Ribeiro, presidente do diretório local do partido Democracia Cristã, disse que não fará coligação com nenhum partido e o seu partido não terá candidato a vereador.

A partir de 2021, o subsídio dos vereadores de Arcos, que hoje é R$6.149,21 (bruto), terá redução de 80%, caindo para R$1.229,84 (bruto). Atualmente, são 13 cadeiras e  a partir de 2021, serão nove.