UNINTER

Nova Estação de Tratamento de Esgotos entra em operação

Conquista da licença ambiental de funcionamento é um marco importante para a desativação da antiga ETE

Publicada em: 27 de maio de 2019 às 09h37
Arcos
Meio Ambiente

A nova ETE – Estação de Tratamento de Esgotos entrou em operação nesta sexta-feira, 24. A licença ambiental de operação foi obtida junto a SUPRAM - Superintendência Estadual de Proteção Ambiental - e tem validade de 10 anos. Com o início das atividades operacionais, todo o esgoto gerado na cidade vai ser direcionado totalmente para a nova ETE.

Com a desativação da antiga estação, será iniciada uma nova etapa de trabalho no local - a interrupção do recebimento de esgoto e o início do esvaziamento das lagoas. Devido a esta iniciativa, todo o efluente tratado existente nas lagoas será direcionado para a nova ETE. Quando ela estiver totalmente seca deverá gerar uma grande quantidade de lodo, que será neutralizado e direcionado para o Aterro Sanitário do município.

O objetivo da administração municipal é transformar o local em um espaço de lazer para a comunidade, que há muito tempo tem sofrido com o mau cheiro que vinha da antiga estação.

O prefeito Denilson Teixeira destacou a importância do início da operação da Nova ETE e reforçou que esta ação será um legado para a população e o meio ambiente. “Arcos já é pioneira em ser a primeira cidade do país em desativar uma Estação de Tratamento de Esgoto. Estou feliz em atender essa demanda da nossa população, pois a antiga estação causava transtornos para os moradores da região Norte da cidade. Agora, não mediremos esforços para transformar o local em uma área de lazer, e continuar este trabalho de transformar nosso município em referência em políticas ambientais”.

Para o secretário de Meio Ambiente e Agricultura, Robson José Correia, todo esforço da administração municipal resultou em uma conquista que vai oferecer melhor qualidade de vida para toda a população. “Dedicamos todo o esforço para colocar a nova ETE em operação. Este nosso empenho vai garantir um melhor desempenho no tratamento de esgoto do nosso município e isso refletirá na saúde pública e no cotidiano do cidadão que morava próximo da antiga estação”.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Arcos