Vende-se Apartamento

Novo secretário de educação vai priorizar investimentos na qualificação dos professores

Publicada em: 29 de janeiro de 2020 às 16h01
Arcos
Política
Destaques
Entrevistas

(Matéria publicada pelo Jornal CCO impresso em 25/01/2020) - Edição 2036

O vice-prefeito de Arcos, Halph Carvalho, assumiu a Secretaria de Educação na última quarta-feira, 22, sucedendo a educadora Sônia Teixeira de Castro, que foi nomeada para um cargo de supervisora no Estado.

Halph é formado em Comunicação Social/Jornalismo, com MBA em Gestão da Comunicação Integrada; é Mestre em Administração de Empresas; licenciado em Filosofia e, atualmente, está cursando Licenciatura em Sociologia.

É professor há aproximadamente 10 anos, tendo trabalhado em várias escolas públicas e privadas de Arcos e Lagoa da Prata. Neste ano, não irá lecionar. Sua dedicação será exclusiva ao Governo e à Secretaria de Educação. Em entrevista ao Jornal e Portal CCO, ele disse que não terá dois vencimentos. “Minha nomeação é uma forma de economia para o Município, que vem passando por uma crise financeira. É até uma colaboração nesse momento de dificuldade”.

O vice-prefeito e agora secretário de Educação já conhece muitos dos desafios do setor, porque tem auxiliado na área desde o primeiro ano do mandado. Quer investir ainda mais na qualificação dos professores e se aproximar da comunidade escolar – referindo-se às famílias dos alunos, aos professores, supervisores e todos os funcionários da educação. “Pretendo ser um gestor mais próximo, tendo mais sensibilidade para perceber as principais demandas, para que possamos melhorar a educação em Arcos”.

Halph Carvalho sentiu-se honrado com o convite e destaca o trabalho desenvolvido pela ex-secretária. “Gostaríamos muito que a Sônia terminasse esse mandato conosco, mas o Estado ainda não respondeu ao nosso pedido de cessão dela para o Município e não podemos aguardar mais, tendo em vista as demandas da educação. Agradecemos por tudo que ela fez. Eu tenho a responsabilidade de continuar um trabalho tão sério e tão bem feito nesses três anos”, enfatizou e adiantou que pretende investir bastante na qualificação dos professores.

 

Ações para melhorar a qualidade do ensino e a classificação no IOEB

A cidade de Arcos teve o seu IOEB (Índice de Oportunidades da Educação Brasileira) 2019 calculado em 5,3, acima do índice estadual (que registrou 4,6) e do índice nacional (4,7). Porém, não há muito o que se comemorar, uma vez que o índice é bem menor em comparação aos registrados em algumas cidades da região, inclusive Japaraíba (5.8), que atingiu a 11ª posição no Brasil.

O IOEB calcula os níveis da educação dos estados e dos municípios. Considera variáveis como a oferta de vagas em creches e pré-escola, a formação de professores, a experiência dos diretores da escola e a quantidade de crianças e adolescentes que não estão matriculados. Também classifica as cidades e os estados por níveis de crescimento de 1 a 4. Arcos foi classificada com o nível 2, que corresponde às localidades que obtiveram uma nota acima da mediana (4,7 índice nacional).

Diante desse cenário, o CCO perguntou ao novo Secretário qual é a proposta de trabalho que ele pretende desenvolver para melhorar a qualidade da educação na rede municipal. Ele disse: “É preciso admitir que é sempre necessário melhorar, buscar otimizar o trabalho. A capacitação dos professores é o caminho para isso. Estamos com uma turma nova, nomeada agora [por meio de concurso público]; investir esforços na capacitação desses professores vai nos ajudar a crescer ainda mais nesse índice”.

Halph Carvalho acredita que um dos fatores que impedem um crescimento maior nos índices é o fato de a cidade de Arcos receber famílias de outras regiões, onde a educação nem sempre é de qualidade. Ele está se referindo à população flutuante de Arcos, àquelas famílias que ficam aqui de seis meses a dois anos, mas não se estabelecem no Município. “Imagino que essa flutuação de alunos em nossas escolas acaba impedindo que esse crescimento [do índice] seja maior. Mas quero trabalhar com aquilo que está em minhas mãos, com o que posso fazer para melhorar esse índice”.

 

Reajustes salariais     

O reajuste dos vencimentos dos servidores municipais de Arcos ainda não está definido. Halph Carvalho acredita que ainda neste mês de janeiro será feito o anúncio. Quanto ao reajuste dos professores da educação básica, ele afirma que será feito. O percentual já foi anunciado pelo Ministério da Educação, sendo 12,84%. Segundo o vice-prefeito, o percentual de reajuste é aplicado para atingir o piso. “Talvez esse percentual não é pago, quando há uma situação em que o piso já é pago. A preocupação é fazer com que nenhum professor receba abaixo do piso salarial. Hoje, graças a Deus, em Arcos nós estamos pagando o piso”, afirma e acrescenta:  “O professor é o maior recurso que a educação tem. É extremamente importante e valioso. Sem o professor, não há ensino de qualidade; sem ensino de qualidade não há aprendizagem”.

 

Prefeito já anunciou a criação de mais uma creche

Halph Carvalho disse que o prefeito Denilson Teixeira informou que pretende construir uma creche neste ano, para atender a todas as demandas. Atualmente, há um déficit nesse atendimento; por isso foram instituídos critérios com a finalidade de priorizar as famílias que mais precisam. “Atendemos a maior parte da demanda, mas ainda existe uma fila de espera”, concluiu.