Vende-se Apartamento

Rodrigo Pacheco defende unificação das eleições em 2022

Publicada em: 29 de maio de 2020 às 09h43
Geral
Política

Crédito: Senado Federal

Rodrigo Pacheco defende unificação das eleições em 2022

O senador Rodrigo Pacheco (MG), líder do Democratas, defendeu, nesta quinta-feira (28), o adiamento das eleições municipais para 2022, e a realização simultânea com as eleições gerais, quando são eleitos presidente e vice-presidente da República,  governadores e seus vices, senadores, deputados federais e estaduais. O senador alega que a prioridade do país, hoje, são as iniciativas de combate ao Covid-19 e os investimentos públicos voltados à recuperação da economia. O assunto deverá ser discutido, na Câmara e no Senado, a partir de 30 de junho.

A defesa do senador tem consonância com a posição da Associação Mineira dos Municípios (AMM) que, em carta aberta, posicionou-se a favor da prorrogação dos atuais mandatos e da unificação das eleições. “Sustento a prorrogação de mandato, com coincidência de eleições, em razão das circunstâncias que vivemos, por causa da pandemia, e por conveniência nacional, de ter a concentração das eleições, com redução substancial de gastos. Mas essa decisão será tomada pela maioria do Senado e da Câmara”, disse.