Fiemg 2

Secretaria de Saúde divulga balanço da 21ª Campanha de Vacinação Contra a Gripe

O município atingiu 91,23% de imunização do grupo de risco, prioridade do Ministério da Saúde

Publicada em: 23 de julho de 2019 às 10h22
Arcos
Saúde

O Governo de Arcos, por meio da Secretaria de Saúde divulgou nesta segunda-feira (22) o balanço da 21ª Campanha de Vacinação Contra a Gripe. A imunização contra o vírus Influenza ocorreu entre o período de 10 de abril a 31 de maio de 2019, alcançando 91,23% de cobertura dos grupos de risco – como gestantes, idosos, crianças menores de 06 anos, puérperas, professores, profissionais da saúde, privados de liberdade e funcionários do sistema prisional do município.

Segundo dados do boletim epidemiológico do Setor de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde, dentro dos grupos de risco foram vacinadas 1.813 crianças menores de 06 anos, que correspondeu 76,27%; idosos 4.054, totalizando 93,07%;  gestantes 301, com a cobertura de 87,76%; puérperas 49, com 87,50%, trabalhador de saúde, somando 113,64%; professores 382, sendo 84,70%; pessoas com morbidades 1.005, chegando a 87,76% de cobertura; funcionários do sistema prisional 28, cobrindo 103%; privados de liberdade 214, com o alcance de 123% de vacinação.

 

Gripe

As infecções ocorrem durante todo o ano, porém observa-se uma elevação do número de casos nas estações mais frias. Todas as pessoas podem infectar-se, mas algumas, como idosos, crianças até 05 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes, grupos que se classificam como vulneráveis à doença.

Em gestantes, o risco de complicação é muito alto, principalmente no terceiro trimestre de gestação, mantendo se elevado no primeiro mês após o parto. As pessoas com algumas morbidades possuem risco maior de desenvolver complicações da influenza, pois seu sistema imunológico pode se encontrar frágil.

 

Mutação do vírus

A fase de maior chance de contaminação ocorre nos primeiros dois dias de sintomas, quando a influenza apresenta seu período de maior excreção do vírus, podendo permanecer até uma semana.

 

Sintomas

Os seus sintomas iniciam-se com quadro febril agudo, rinorréria, dor de garganta, disfonia (rouquidão), calafrios, mialgia e cefaleia.

 

Prevenção

Lave bem as mãos com água e sabão; beba bastante água; manter as vias respiratórias bem hidratada dificulta a entrada do vírus e bactérias; evite locais com muitas pessoas e com pouca circulação de ar; mantenha janela de ônibus sempre aberta, mesmo em dias frios; ao tossir ou espirrar, use a parte interna do braço, na área superior das mangas da roupa.

 

Arcos

Em Arcos, até o momento, houve casos de Síndrome Gripal em monitoramento e investigação – não houve caso confirmado para os vírus de H1NI OU H2N3 ou Síndrome Gripal Aguda Grave.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Arcos