Vende-se Apartamento

SINDIJORI - Coluna MG

Rede de Notícias do Sindijori - MG

Publicada em: 18 de junho de 2020 às 14h28
Geral
SINDIJORI - Coluna/MG

Aeroporto permanecerá fechado

A empresa Azul Linhas Aéreas oficializou ao Governo de Minas que não tem interesse em seguir operando no Aeroporto Regional do Vale do Aço, em Santana do Paraíso, paralelamente à realização das obras, por uma questão de segurança. A empresa reafirmou que vai voltar às operações após a conclusão das obras de reconstrução da pista do aeródromo. A Secretaria de Estado e Infraestrutura e Mobilidade rescindiu o contrato com a atual administradora do aeroporto, a Socicam, e a partir de 1º de julho o aeródromo vai estar sob a administração da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). (Diário do Aço- Ipatinga)

 

Comarca cria portal de conciliação

A Comarca de Divinópolis criou o portal de conciliação Concilie online, que permite que as partes e os advogados acessem as informações sobre seus respectivos processos e realizem audiências por videoconferência. O portal reúne informações sobre quais casos podem ser agendados e como iniciar um processo. Além disso, disponibiliza a pauta de audiências on-line e um manual de instruções para acesso às salas de audiências virtuais. (Portal Agora- Divinópolis)

 

Desperdício de água será multado

Diante da necessidade de coibir o desperdício de água no município, o Executivo formiguense sancionou lei que cria a "Campanha Municipal para o uso responsável e eficiente da água". A campanha de conscientização deve levar ao cidadão, orientações de como agir para evitar desperdício de água. A Lei também prevê a proibição no município para o uso irracional e o desperdício de água oriunda do sistema público ou de fontes privadas. Em Formiga, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto vai ser o responsável pelo trabalho de fiscalização. (Nova Imprensa- Formiga)

 

Pista de 2100 metros é credenciada

A Agência Nacional de Aviação Civil credenciou a nova pista do Aeroporto Major Brigadeiro Trompowsky, de Varginha, passando da categoria 2C para 3C. Agora, todas as publicações especializadas e mapas vão constar a pista como tendo 2.100 metros de extensão. Há 19 anos, o Aeroporto de Varginha sofreu intervenções para aumento do comprimento da pista, passando de 1500 para 2.100 metros de extensão e 30 metros de largura. No entanto, a empresa responsável pela obra não protocolou nos órgãos oficiais as novas medidas e o assunto vinha sendo discutido na cidade desde então. (Correio do Sul- Varginha)

 

Retomada Econômica é iniciado

A administração municipal iniciou nesta quarta-feira, 17, o Plano de Retomada Econômica Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, a ação possui várias etapas para restabelecer a atividade econômica em Poços de Caldas em meio ao momento de pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. O plano é dividido em quatro eixos principais: comércio, indústria, turismo e agronegócio e inclui o estabelecimento de projetos e objetivos de curto, médio e longo prazo. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

 

Convênio de R$5 milhões é assinado

O prefeito de Nova Serrana, Euzebio Lago, assinou um convênio para o financiamento do maior projeto de infraestrutura urbana e segurança pública da história do município. Ao todo, o projeto prevê a implantação rede de iluminação pública de LED, aquisição de câmeras de monitoramento e equipamentos para instalação do Centro de Comando e Controle, veículos para a Guarda Municipal, execução do Georreferenciamento, além de e modernização da gestão fiscal e tributária. (O Popular NS- Nova Serrana)

 

Uso de máscaras é obrigatório

Agora é lei: o uso de máscaras em Muriaé tornou-se obrigatório durante a pandemia da covid-19.O texto foi sancionado pelo prefeito Grego. A medida vale tanto para a cidade quanto para os distritos. Quem for flagrado sem máscara vai ser, primeiramente, advertido; em caso de reincidência, pode haver aplicação de multa, cujo valor ainda não foi estabelecido. (Gazeta de Muriaé)

 

Ibituruna fecha bares

A Prefeitura Municipal de Ibituruna, através da secretaria municipal de Saúde, optou pelo fechamento, em caráter excepcional e temporário, dos bares e similares tendo em vista à potencialidade de aglomeração desses estabelecimentos e por observar que nos municípios onde essas recomendações foram relaxadas, ocorreram aumentos significativos no número de infectados pelo novo coronavírus. Os restaurantes funcionarão com horário reduzido, somente das 11h às 14h. As lanchonetes funcionarão na modalidade delivery. (Jornal Panorama - Baependi)