Vende-se Apartamento

Assuntando

Publicado em: 11 de outubro de 2015 às 09h49
Assuntando

Renúncia na CDL.. .O presidente da CDL Arcos e vice-presidente da ACE, Ivan Fontes, anunciou, através da rede social, a seu desligamento das entidades. O motivo, segundo Fontes, é para não passar a ideia que exerce os cargos para se promover na política. Ivan Fontes já manifestou a vontade de concorrer ao cargo de chefe do executivo arcoense em 2016. Sobre um desentendimento que teria ocorrido entre ele e o prefeito Baiano, durante a festa do Mérito Empresarial, o ex-presidente da CDL desmentiu.

 

Escola do Sebrae... Nas últimas semanas ouviu-se comentários de que a ETFG - Escola Técnica de Formação Gerencial de Arcos, idealizada pelo Sebrae, encerraria suas atividades na cidade. Depois de se reunir com pais de alunos e empresários locais, a direção da Associação Comercial e Empresarial, mantenedora da EFTG, descartou o fechamento da unidade de ensino, considerada modelo no país, e anunciou que abrirá processo seletivo para 2016.

 

Emenda parlamentar... Ao contrário dos anos anteriores, desde sua fundação, a ETFG não deverá contar com a subvenção da prefeitura municipal. Por outro lado, através de emenda parlamentar, a escola deverá se beneficiar com uma subvenção federal de 150 mil reais. Esse valor, caso chegue aos cofres da ACE, será suficiente para manter as atividades da escola no ano de 2016.

 

Uma coisa lembra a outra... A administração municipal de Arcos encaminhou ao Legislativo, na última semana, aproposta de orçamento referente aoexercício de 2016. E os números são realmente impressionantes em todos os sentidos. Nesse ano, conforme confirmado pelo secretário municipal de Fazenda, a receita de Arcos teve um acréscimo de 7% em relação ade 2014. Para o ano que vem, a expectativa de arrecadação é da ordem de 95 milhões de reais. A diferença entre 2015 e 2016, caso seja obtida toda a receita, será de aproximadamente 11 milhões de reais. O professor Dimas Rodrigues tem mesmo razão ao questionar: ‘cadê acrise’?

 

Assistência Social... Pelo jeito as famílias de baixa renda de Arcos – aquelas que sonham com a ajuda da prefeitura para reforma de suas casas ou melhorias em seus banheiros – terão que esperar a nova administração que tomará posse em 2017. É que no orçamento enviado à Câmara, a atual administração pretende gastar pouco mais de R$ 3 milhões em ações na Secretária Municipal de Integração Social, um valor considerado insignificante em relação à grande demanda. O valor sugerido é bem próximo ao que está sendo aplicado na Assistência Social nesse ano e que deixaa desejar.

 

Vereador reage ao números... O vereador ‘Jamir Leiteiro’, durante seu pronunciamento na última reunião do legislativo, criticou o valor disponibilizado para a área social e disse que lutará para que o montante seja, no mínimo, dobrado. “O executivo terá que rever esse valor. Nós, vereadores, conhecemos a realidade de Arcos. Hoje, em nossa cidade, existem inúmeras famílias necessitando ajuda para ter uma condição de vida mais digna’ – destacou o vereador. De acordo com Jamir é incoerente a Secretaria de Governo ter uma verba quase duas vezes maior do que a disponibilizada para Integração Social.

 

Cidade privilegiada... Arcos é mesmo uma cidade privilegiada em termos de orçamento municipal, talvez por isso muitas pessoas se aventuram em uma candidatura à chefia do executivo. É dinheiro pra bater com pau!!!Mas mesmo com tanta ‘grana’, ainda se vê, pelos quatro cantos da cidade, a falta de zelo com a limpeza pública. E isso não é por falta de dinheiro, pois, segundo o Portal de Transparência, somente nesse ano – de janeiro a setembro – a prefeitura já pagou cerca de um milhão e seiscentos mil reais para a empresa responsável pelos serviços na cidade.

 

Migração de rádios AM para FM começará em novembro... A migração das primeiras 200 emissoras de rádio da faixa de AM para a de FM deve começar até novembro. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (16) pelo secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Emiliano José, durante audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados.

Segundo Emiliano, a previsão é de que o processo de migração dessas 200 primeiras emissoras tenha início no dia 7 de novembro próximo, Dia do Radialista, e seja concluído em dezembro. Depois desse primeiro lote, a mudança de faixa continuará em 2016. Pelo cronograma do ministério, outras 200 emissoras deverão migrar em março do próximo ano, mais 200 rádios em maio, 150 em julho e 144 em setembro, totalizando 894 emissoras. Fonte: www.mc.gov.br

 

Rádio Cidade... Entre as emissoras da região Oeste de Minas que serão beneficiadas com a migração AM para o FM está a Rádio Cidade. Em julho, último, a Ministério das Comunicações, através da Anatel, publicou, no Diário Oficial da União, o canal e a classe aprovada para a emissora arcoense. Após a migração, a ‘Rádio de Arcos’ será ouvida no canal 236, frequência 94,3 FM com 5.000 watts de potência, tornando-se uma das mais potentes emissoras da região Centro Oeste.

 

Pesquisas... Falta menos de um ano para Arcos conhecer o seu novo prefeito. As eleições municipais de 2016, inicialmente marcadas para o dia 02 de outubro, podem trazer grandes surpresas, principalmente no que tange à renovação. Embalada pelas revelações da ‘Lava Jato’ e pela crise político/moral que assola a esfera federal, a sociedade brasileira dá mostras que não aceita mais ser enganada. Mesmo não sendo oficiais, surgem as pesquisas de opinião pública sobre a preferência dos eleitores. É claro que cada ala apresenta os seus números, nem sempre confiáveis, mas quem está fora do ‘jogo’ tem em mãos levantamentos que, divulgados ao público, deixaria muitos políticos de cabelo em pé.

 

Assuntando por Tadeu Nunes

Site: http://www.jornalcco.com.br/

Aurélio Tadeu Nunes de Sousa é  jornalista - Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela PUC Minas Arcos - e responsável pela coluna ‘Assuntando’.

Jornalista do Ano - Merito Empresarial 2012, 2013 e 2014; prêmio ‘Top of Mind’ 2012, 2013, 2014 e 2015; Medalha ‘Mérito Legislativo pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais’; ‘Medalha Marechal Deodoro da Fonseca’ e apresentador do programa ‘Bate Papo de Redação’, na Rádio Cidade.