Vende-se Apartamento

Cazanga é campeão municipal de Arcos - 2017

Publicado em: 26 de dezembro de 2017 às 08h51
Coluna Esporte

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 23/12/2017) - Edição 1928

Marlon Santos

ALÔ, ARCOS! Na tarde do dia 16 de dezembro, foi decidida mais uma edição do tradicional campeonato municipal de Arcos. Esta foi a 27ª edição e nela tivemos um campeão inédito do torneio mais cobiçado da cidade. Em campo estava a equipe do Cazanga e do Santana disputando a categoria titular. O Cazanga tinha a vantagem de poder sofrer uma derrota por dois gols de diferença e mesmo assim levar o troféu. E foi justamente o que aconteceu.

Ainda no início da etapa, o Cazanga abriu o placar com um belo gol do artilheiro Paraíba, mas o Santana conseguiu empatar com o jogador Netinho. Na etapa final, o Santana resolveu apostar tudo em seus atacantes, o que sufocou o Cazanga e permitiu aos santanenses marcarem mais dois gols por intermédio dos atletas Bruno e Rafinha.

O árbitro da partida foi Leonardo, que teve como assistente Flávio Capota e Pretinho. Eles tiveram muito trabalho durante o embate e principalmente nos minutos finais. Quando o árbitro encerrou o jogo, os atletas do Cazanga comemoraram o título histórico, afinal, pela primeira vez desde que ele foi fundado no dia 03 de fevereiro de 2001, o Cazanga ainda  não havia conquistado o municipal de Arcos. Já o Santana, deixou seu nome marcado na história de nosso futebol amador e foi considerado o “time da superação”, por todos os torcedores de Arcos.

 

Ypiranga é campeão da categoria aspirante

O Ypiranga se classificou como o quarto melhor time da primeira fase na categoria aspirante, mas nas semifinais e finais foi uma equipe totalmente diferente da fase preliminar. Na semifinal, superou o seu arquirrival, que é o Associação, com duas vitórias contundentes, sendo a primeira por 3 a 2 e a segunda por 2 a 0. Antes do Associação ser derrotado pelo Ypiranga, os alvinegros estavam invictos.

Na final, o Ypiranga enfrentou outra equipe que se encontrava invicta e tinha total favoritismo, mas mesmo assim os ‘azuis’ venceram o Cazanga no primeiro confronto, por 2 a 0, e no segundo foi derrotado por 1 a 0. Mas os ypiranguistas tinham a vantagem no segundo embate, de sofrer uma derrota por um gol de diferença. E foi justamente o que aconteceu: depois do apito final, os jogadores do Ypiranga comemoraram o título que foi conquistado com muita raça.



Coluna Esporte por Marlon Santos

E-mail: marlonsantos@jornalcco.com.br