UNINTER

Hoje é dia de rezar pelos mortos

Publicada em: 02 de novembro de 2019 às 08h00
Arcos

Hoje, 2 de novembro, é Dia de Finados. As celebrações nos dois cemitérios de Arcos – Municipal e Paroquial – vão acontecer às 8 horas da manhã.

De acordo com publicação do site da Canção Nova, os primeiros registros de uma celebração coletiva para rezar pelos mortos são encontrados em Sevilha (Espanha), no séc. VII, e em Fulda (Alemanha) no séc. IX. O fundador da festa foi Santo Odilon, abade de Cluny, que a introduziu em todos os mosteiros de sua jurisdição, entre os anos 1.000 e 1.009.

Na Itália, a celebração já era encontrada no fim do séc. XII e, mais precisamente, em Roma, no início do ano de 1.300. Foi escolhido o dia 2 de novembro para ficar perto da comemoração de todos os santos. Nesse dia, a Igreja autoriza cada sacerdote a celebrar três missas especiais pelos fiéis defuntos. Essa prática surgiu em 1915, quando, durante a Primeira Guerra Mundial, o Papa Bento XV decidiu estender a toda Igreja a tradição que já existia na Espanha, Portugal e a América Latina desde o séc. XVIII.

Ainda de acordo com a divulgação do site da Canção Nova, São João Crisóstomo (349-407), Bispo e Doutor da Igreja, afirmou:

“Levemos-lhe socorro e celebremos a sua memória. Se os filhos de Jó foram purificados pelos sacrifícios de seu pai (Jó 1,5), porque duvidar que as nossas oferendas em favor dos mortos lhes leva alguma consolação? Não hesitemos em socorrer os que partiram e em oferecer as nossas orações por eles” (Hom. 1Cor 41,15). E “os apóstolos instituíram a oração pelos mortos e esta lhes presta grande auxílio e real utilidade” (In Philipp. III 4, PG 62, 204).