Mérito Empresarial

Lançado oficialmente, o programa “Rede de Vizinhos Protegidos”

Publicada em: 04 de agosto de 2017 às 13h12
Arcos

Foi realizada na noite de ontem (03), no auditório da PUC Minas em Arcos, a reunião de lançamento oficial do programa ‘Rede de Vizinhos Protegidos’, um programa de prevenção à criminalidade. Trata-se de um "SIM" da polícia em dar as mãos aos moradores, unindo os elos da corrente e criando um clima de autoconfiança, paz, ajuda mútua e segurança, revestidas de amizade e compreensão.

A ‘Rede de Vizinhos Protegidos’ é uma ferramenta de prevenção criminal de baixo custo, cujos resultados são de curto prazo. Pode ser definido como um conjunto de ações entre os moradores cidadãos em parceria com a Polícia Militar no sentido de informar, integrar e coordenar grupos de vizinhos de modo a protegerem-se em conjunto. Cada morador será uma "Câmera Viva”, ou seja, será os olhos da Polícia Militar naquela localidade, acionando a PM caso seja necessário e proporcionando, também, uma aproximação entre a polícia e a comunidade. Crimes como furtos a residências, roubos a mão armada a transeuntes, a estabelecimentos comerciais e arrombamento de veículos apresentaram reduções consideráveis após a implantação do projeto em outras localidades, conforme apontam as estatísticas.

Em Arcos, inicialmente 05 bairros contemplados após os moradores dessas regiões procurarem a Polícia Militar manifestando o interesse na implantação do programa, que é desenvolvido pelos próprios moradores com a supervisão e apoio técnico da PM.

No lançamento do programa estiveram presentes 109 pessoas, entre elas o comandante da PM em Arcos, Tenente Bittencourt; os responsáveis diretos pela supervisão das ‘redes’, sargento Vieira e sargento Jonas; o vice-prefeito municipal, Ralph Carvalho; os coordenadores do programa em cada bairro, vereadores, entre outras personalidades.

Ao final, foram entregues 234 placas que serão afixadas nas residências como forma de identificação, informando que aquele imóvel pertence à ‘rede’. Com o passar do tempo, a tendência é que mais pessoas venham aderir ao programa e moradores de outros bairros se mobilizem para a implantação de outras redes.

 

Polícia Militar Formiga