Mérito Empresarial

Moradores de Arcos protestam contra escassez de água devido à falta de planejamento da Copasa

Publicada em: 04 de outubro de 2017 às 13h27
Arcos

Cerca de 20 pessoas se reuniram na praça Floriano Peixoto e em frente à Prefeitura de Arcos, na tarde de 29 de setembro, em manifesto contra a falta de água. Em entrevista ao Jornal CCO, alguns dos manifestantes falaram sobre as dificuldades diante do abastecimento irregular e reafirmaram a indignação em virtude da falta de planejamento da Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais).

A dona de casa Alecíoda Maria da Silva, de 33 anos, moradora do bairro Eldorado, cuida de seus pais que são acamados. Ela disse que está tendo muitas dificuldades para cuidar deles, devido à falta de água no bairro. “Às vezes lá em casa chega água de madrugada e não fica nem 40 minutos, não sobe na caixa. Fica aquele monte de vasilha suja, roupa pra lavar (...). Tenho que dar banho na minha mãe e no meu pai, e para isso preciso ficar buscando água e esquentando. Então, eu acho isso um absurdo! É uma falta de respeito com o ser humano”, disse.

A cozinheira Lúcia de Fátima Borges, de 42 anos, moradora do bairro Jardim Canadá, disse ao Jornal que no seu bairro chegou a ficar até 19 dias sem correr água e que seu talão de água está vindo com um valor bem acima do que deveria. “Tem 19 dias que eu não tenho água na minha casa, ontem a conta da Copasa chegou cobrando R$96 reais. Está complicado! Eu não tenho água para tomar banho, eu tive que sair da minha casa para tomar banho na casa do meu namorado, tive que levar as minhas roupas para a roça para lavar. Eu não sou de Arcos, tem quatro anos que eu moro aqui nesta cidade e eu amo, mas estou muito triste com a falta de competência desses governadores daqui. Estou muito triste com essa cidade aqui”, comentou.

Assim que os manifestantes chegaram à Prefeitura, foram recebidos pelo secretário municipal de Governo, Otávio Miranda. Eles conversaram na sala de reuniões. Todos expuseram suas indignações e questionamentos sobre o tema. Otávio Miranda falou sobre o Plano de Ação que foi solicitado à Copasa, pela Prefeitura, em janeiro. Foi relatado que já estão em operação oito poços artesianos feitos pela Companhia. De acordo com release divulgado pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura, serão construídos mais nove poços artesianos na cidade de Arcos.